Na véspera da decisão, fantasma de Jesus atormenta Rogério Ceni

Jorge Jesus está muito infeliz no Benfica. E tem defensores poderosos no Flamengo

Jorge Jesus está muito infeliz no Benfica. E tem defensores poderosos no Flamengo
CBF

São Paulo, Brasil

Na véspera do jogo que vai decidir se o Flamengo será bicampeão do Brasil, surgem rumores fortes na Gávea.

Para atrapalhar a concentração de Rogério Ceni, trazer insegurança ao elenco.

O nome tem essa força.

Jorge Jesus.

O treinador que ganhou cinco títulos em pouco mais de um ano tem feito péssimo trabalho no Benfica.

Primeiro fracassou na tentativa de levar o clube para a fase de grupos da Champions League.

Depois, foi eliminado da Taça da Liga de Portugal.

No Campeonato Português, amarga a quarta colocação.

Quinze pontos a menos do Sporting, primeiro colocado.

Jogará amanhã contra o Arsenal, pela Liga Europa, em Atenas.

Depois do empate em Roma, em 1 a 1, uma derrota será fatal ao time português.

As partidas foram marcadas na Itália e Grécia por conta das restrições que Portugal e Reino Unido impõem por conta da pandemia da covid-19.

Decepção no retorno a Portugal

Decepção no retorno a Portugal
Reprodução/Record

Há pressão enorme pela saída de Jorge Jesus do Benfica.

Da mídia, da torcida.

Seu retorno foi frustrante.

Há, no entanto, o entrave da multa rescisória.

20 milhões de euros, cerca de R$ 132 milhões.

O contrato vai até agosto de 2022.

Jorge Jesus deixou defensores fervorosos de seu retorno na Gávea.

Seus resultados foram espetaculares.

De acordo com conselheiros, ele estaria disposto a retomar o time que montou.

Parte da imprensa carioca também se mostra favorável ao retorno do português.

Lógico que todos esses comentários chegaram aos ouvidos de Ceni e dos jogadores.

Justo agora, que o treinador havia decidido e fez uma declaração de amor ao Flamengo.

“Eu trabalhei no São Paulo durante tantos anos e é um clube de massa, de presença do torcedor. Mas aqui, assim, é uma atmosfera diferente. Ser Flamengo… Primeiro, eu não tenho um conhecimento muito grande do Rio de Janeiro.”

“Tinha menos ainda antes de vir morar. Mas você vê que isso é uma razão de vida, principalmente essa parte da cidade onde existe uma pobreza maior, onde a única vitória que muita gente tem aqui é a vitória do Flamengo.”

“É muito mais uma inserção social, é você estar inserido naquela tribo, naquele grupo que tem como Flamengo a vitória da sua vida. A vitória do Flamengo é a grande vitória que é possível ele ter na sua vida. É especial e diferente poder trabalhar aqui”, disse à Globo.

A declaração de amor de Ceni ao Flamengo decepcionou muita gente importante no São Paulo

A declaração de amor de Ceni ao Flamengo decepcionou muita gente importante no São Paulo
São Paulo

Declarações que não foram bem interpretadas no Morumbi.

A começar pelo presidente Julio Casares, seu maior defensor. Além de conselheiros, membros de organizadas e torcedores comuns.

Rogério Ceni é o maior ídolo da história do São Paulo.

Mas conseguiu, desnecessariamente, abalar sua imagem no Morumbi.

Justo às vésperas do jogo entre os dois clubes.

Deu mais gana para o São Paulo vencer, lutar pela sua classificação na fase de grupos da Libertadores. Porque vencendo, pode tirar o título brasileiro do agora ‘amado’ Flamengo, de Rogério Ceni.

Por outro lado, esse clima ruim pode ser à toa.

Os bilionários mecenas do Atlético Mineiro, Rubens Menin, dono da construtora MRV, e Ricardo Guimarães, dono do banco BMG, e o presidente do clube, Sérgio Coelho, passaram a analisar Jorge Jesus como um dos possíveis substitutos de Jorge Sampaoli, que foi embora, apalavrado com o Olympique de Marselha.

Menin e Guimarães montaram uma equipe de cerca de R$ 180 milhões. Acabam de contratar o cérebro do River Plate, Nacho Fernández, além de Hulk.

Precisam de um grande treinador.

Renato Gaúcho é a prioridade.

Mas ele se mostra propenso a seguir no Grêmio.

O vice do Flamengo, Marcos Braz, soube ler muito bem a situação.

E deu outra vez sua palavra.

O cargo de treinador do Flamengo é de Rogério Ceni.

Não haverá recaída sentimental por Jesus.

O português virou as costas ao Flamengo.

Implodiu o time maravilhoso que montou.

Está se dando muito mal no Benfica.

Menin e Guimarães. Bilionários mecenas do Atlético analisam Jorge Jesus

Menin e Guimarães. Bilionários mecenas do Atlético analisam Jorge Jesus
Reprodução/Instagram

Braz jura que não desprezará Ceni por quem desprezou o Flamengo.

Há quem duvide que ele terá força para proteger o técnico, se o Brasileiro for perdido amanhã, no Morumbi.

Este clima ruim que chega ao ambiente do Flamengo.

Às vésperas da decisão do título.

Com um personagem que é amado na Gávea atrapalhando.

Pressionando Rogério Ceni.

Jorge Jesus…

Woods não corre risco de morte, mas volta ao golfe é posta em xeque

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *