Martín Benítez fala sobre cobranças de falta: ‘Estou sempre procurando dar o melhor para o Vasco’

Lance

Lance
Lance

Querido pela torcida, Martín Benítez retornou ao Vasco e mostrou muita qualidade no meio-campo Cruz-Maltino. No entanto, um lance chamou a atenção: o gol de falta diante do Palmeiras, o primeiro dele com a camisa do Gigante da Colina. Nesta terça, a VascoTV publicou um vídeo com uma entrevista em que o argentino comenta sobre a batida na bola e de que maneira começou a treinar cobranças diretas ao gol adversário.

> Confira e simule a classificação do Campeonato Brasileiro

– Quando eu cheguei, em fevereiro, Abel era o treinador, e Ramon estava como auxiliar. Como eu vim com uma lesão muscular da Argentina, eu treinava bem mais com o Ramon do que com o Abel. Adquiri uma rápida confiança com ele, construímos uma relação muito bonita. Depois ele veio a virar treinador do Vasco. Durante a pré-temporada, uma ou duas vezes por semana, ele nos convocava uma hora antes, para nós treinarmos cobranças de falta – explicou, e em seguida acrescentou.

– Não era a minha especialidade. Ontem (jogo diante do Palmeiras). Meu primeiro gol de falta. Aprendi a bater faltas aqui no Vasco. Sempre bati escanteio, e falta lateral, mas nunca direta. Acredito que isso é fruto de um trabalho. Sou uma pessoa que busca aprender e melhorar sempre. Quero crescer ainda mais no dia a dia. Eu como jogador, que se encarrega das bolas paradas da equipe. Busco sempre fazer um gol ou uma assistência para ajudar a equipe da melhor forma. Para mim, esse gol trouxe confiança. a acreditar mais em mim, que posso sempre melhorar no dia a dia, confiar no trabalho. Estou sempre procurando dar o melhor para o Vasco, que é o mais importante – destacou.

O atleta acredita que com mais tempo para treinar poderá evoluir ainda mais neste fundamento. No entanto, ele alegou que o curto espaço entre as partidas e o calendário conturbado atrapalham na recuperação e no desenvolvimento dos jogadores.

– Vou procurar treinar, mas as partidas são muito próximas umas das outras. Então, as vezes você precisa se recuperar e não tem tempo para praticar, treinar bolas paradas. Quando estiver tudo bem, darei sequência aos treinamentos para seguir melhorando. Quando tiver mais espaço entre um jogo e outro Sempre que puder praticar, vou buscar melhorar. Sou uma pessoa que acredita que é sempre possível melhorar o futebol. Não só no futebol como na vida. Quanto mais coisas conseguir acrescentar ao seu jogo, você consegue se tornar um jogador mais completo – finalizou

O Vasco volta a campo nesta quarta diante do Fortaleza, às 19h15 (de Brasília), no Castelão, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apenas um ponto separam as equipes neste momento decisivo da competição, restando quatro rodadas para finalizar a atípica e conturbada temporada de 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *