Com Helinho em campo, Red Bull Bragantino tem aproveitamento de 74% no Brasileirão

Lance

Lance
Lance

Helinho chegou no Red Bull Bragantino em novembro e fez sua estreia contra o Botafogo, na vitória por 2×1 no estádio Nilton Santos. Na ocasião, eram quatro jogos sem vencer o adversário e apenas dois triunfos nas últimas 11 partidas. O atacante chegou para mudar o cenário: e conseguiu.

Os números mostram que o rendimento da equipe com ele é de 74% e sem o jogador, cai para 28,5%. Além disso, o camisa 37 participou de quatro gols de forma direta, sendo uma assistência e balançando a rede dos adversários em três ocasiões. O cria da cotia falou sobre o atual momento que vive.

– O grupo todo já vinha fazendo bons jogos, eu cheguei para acrescentar, essa evolução da equipe não está apenas direciona a minha chegada. Atendi o estilo de jogo do Barbieri e acredito que isso facilitou, porque combina muito comigo. É agressividade e intensidade o tempo todo. Tenho muito que melhorar ainda, por isso às vezes ele me dá uns puxões de orelha (risos). Os resultados são frutos do que nós estamos fazendo a cada treino e jogo. Não tem como prometer vitória, mas o que podemos fazer para chegar mais perto dela, é a nossa entrega dentro de campo e isso nós estamos demostrando a cada jogo – afirmou.

Apesar da dificuldade de conseguir uma das vagas para Libertadores, Helinho alimenta o sonho e não garante que o time está motivado e empenhado para tal feito. O atacante ainda comentou sobre como foi recebido pelos companheiros no clube.

– É o nosso objetivo. Difícil, mas não impossível, estamos trabalhando muito para que esse sonho de todo o grupo se realize. Vamos continuar lutando, buscando ate o final do campeonato. Entendemos muito bem o propósito de jogo do nosso professor e com isso, acredito que todo mundo está vendo que não estamos para brincadeira. Joga a jogo estamos evoluindo. Sobre minha recepção, estou bem à vontade no clube, todo mundo me dando todo o suporte possível para que eu consiga me desenvolver dentro de campo e estou conseguindo contribuir – concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *