Mais de 50 mil estudantes fazem segundo dia de prova do Enem no ES neste domingo

Foto: Fernanda Batista / TV Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Folha Vitória

Neste domingo mais de 50 mil capixabas vão fazer a prova presencial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 38 municípios. São 251 locais de prova no estado.

 Os portões fecham às 13h e a prova começa 13h30. Nesse segundo dia de prova as questão serão sobre Matemática e Ciências da Natureza.

Pessoas do grupo de risco, com comorbidades e idosos, vão poder entrar nos locais de prova a partir de 11h15.

Neste ano, o Enem possui novas regras por causa da pandemia. Além dos itens obrigatórios para fazer a prova como documento oficial de identificação com foto e da caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, a máscara de proteção facial passa a integrar essa lista. Os participantes que não estiverem com máscara de proteção facial não poderão ingressar no local de prova.

Aqui no estado, o sistema Transcol vai contar com 29 ônibus extras. A operação especial será acompanhada de perto pelos agentes da Ceturb-ES, nos terminais do Transcol, para garantir um percurso tranquilo para os estudantes.

A capital mudou o funcionamento de ciclofaixas e da Rua de Lazer para ajudar no fluxo de veículos nos dias do exame.

Mais de 1,3 mil policiais irão reforçar patrulhamento nos locais de prova. Ao todo, 355 viaturas estarão empenhadas no patrulhamento. O reforço na segurança será integrado em um Centro de Comando instalado na sede da Secretaria Estadual de Segurança Publica.

O instituto responsável por organizar o Enem, o Inep, mapeou 16 pontos considerados críticos para aglomerações, no Espírito Santo. Os locais exatos não foram divulgados, mas são as escolas com maior número de candidatos. 

Abstenções

Em 2019, foram registradas 23% de faltas, mas neste ano, mais da metade dos candidatos não fizeram a primeira etapa do exame. No Brasil, 51,5% dos inscritos, quase 2 milhões e 700 mil estudantes, não realizaram a prova. No Espírito Santo, dos 104 mil candidatos, quase 55 mil não fizeram a prova.

Para os candidatos que apresentaram algum sintoma da covid-19 ou de alguma outra doença infectocontagiosa, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai organizar uma reaplicação da prova. Para ter acesso à essa reaplicação, os candidatos devem fazer o pedido no site do Inep.

Até o momento, já foram aceitos cerca de oito mil pedidos que foram realizados entre os dias 11 e 16 de janeiro. Novas solicitações serão aceitas entre os dias 25 e 29 de janeiro. A reaplicação das provas está prevista para acontecer em 23 e 24 de fevereiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *